Como fazer Lamen

Como fazer Lamen – Receita adaptada

Olá Olá meus queridos leitores do Sushibilidade, tudo bem com você? Neste friozinho nada como um Lamen bem quentinho para aquecer as suas noites gelada junto a pessoa que você mais gosta. Mas antes explicar como fazer o Lamen é preciso conhecer um pouco sobre a história.

A cozinha japonesa tem uma ligação muito forte com a cultura e a história japonesa e por este motivo é muito importante você aprender as ligações antes de começar a preparar qualquer receita.

Antes de ensiná-lo a fazer o Lamen, quero deixar bem claro que fizemos uma adaptação do prato para que você prepare em casa sem nenhuma complicação.

Espero que curta o artigo e se preparar em casa não esqueça de deixar o seu comentário.

Lamen – Origem, Características e Receita

Lamen é uma ortografia variante de ramen, o alimento de macarrão japonês. Ramen é um prato japonês. E consiste de macarrão de trigo de estilo chinês servido em uma carne ou ocasionalmente caldo à base de peixe, muitas vezes aromatizado com molho de soja ou miso, e usa coberturas como porco fatiado, algas secas, menma, e cebolas verdes. Quase toda região no Japão tem sua própria variação de ramen, de ramen tonkotsu, caldo de osso de porco, de Kyushu, para ramen de miso de Hokkaido.

 História do Ramen

A origem de ramen não é clara. Algumas fontes dizem que é de origem chinesa. Outras fontes dizem que foi inventado no Japão no início do século 20. A palavra ramen é um emprestado japonês de lamian chinês. Até os anos 1950, ramen era chamado de shina soba, mas atualmente chuka soba, ou apenas ramen são mais comuns, já que a palavra shina, significando China, adquiriu conotação pejorativa.

Segundo o especialista em ramen Hiroshi Osaki, a primeira loja especializada em ramen abriu em Yokohama em 1910. Começando nos anos 1980, o ramen se tornou um ícone cultural japonês e foi estudado ao redor do mundo de várias perspectivas. Ao mesmo tempo, as variedades locais de ramen atingiam o mercado nacional e poderiam até ser pedidas pelos seus nomes regionais. Um museu de ramen abriu em Yokohama em 1994.

Tipos de Ramen

Existe uma ampla variedade de ramen no Japão, com diferenças geográficas e específica de fornecedor até em variedades que dividem o mesmo nome. Ramen pode ser amplamente categorizado por seus 2 ingredientes principais, macarrão e caldo.

– Macarrão

A maioria dos macarrões é feita a partir de 4 ingredientes básicos, a farinha de trigo, sal, água e kansui, um tipo de água mineral alcalina, contendo carbonato de sódio, e geralmente carbonato de potássio, assim como às vezes uma pequena quantidade de ácido fosfórico.

O kansui é o ingrediente distintivo dos macarrões de ramen, e originou na Mongólia Interior, onde lagos, estes continham grandes quantidades destes minerais e cuja água é considerada perfeita para fazer este macarrão. Fazer macarrão com kansui os oferece uma tonalidade amarelada, assim como uma textura firme. Os ovos podem também ser substituídos por kansui.

Alguns macarrões são feitos com nem sequer ovos, nem kansui, e devem apenas ser usados para yakisoba, já que têm uma estrutura mais fraca e são mais propensos a absorver a umidade, e se tornar extremamente macio quando servido em sopa. Ramen surge em várias formas e comprimentos. E pode ser grosso, fino, ou mesmo de tipo fita, assim como reto ou enrugado.

 – Sopa

A sopa de ramen é geralmente feita de caldo com base em frango ou porco, combinado com uma variedade de ingredientes como kombu, katsuobushi, niboshi, ossos de carne, ossos de porco, shiitake, e cebolas. A sopa de tonkotsu geralmente tem um caldo turvo branco.

É semelhante ao baitang chinês e tem um caldo grosso feito de cozinhar ossos de porco, gordura, e colágeno sobre o fogo alto por muitas horas, que absorve o caldo com um sabor de porco saudável e uma consistência cremosa que rivaliza leite, manteiga derretida ou molho.

 – Sabores

Dentre os sabores é possível citar ramen de shoyu, ramen de shio, de miso, e ramen de curry.

– Coberturas

Após a preparação básica, ramen pode ser temperado e aromatizado com qualquer número de coberturas, incluindo, mas não limitado a kakuni, nori, wakame, entre outros.

– Preferência

Os temperos comumente adicionados a ramen são pimenta preta, manteiga, pimentão, sementes de gergelim, e alho esmagado. As receitas de sopa e métodos de preparação tendem a ser segredos bem guardados.

Como Fazer o Lamen  (Lamen) 

Esta receita rende 4 porções, é de fácil preparo e deliciosa.

Ingredientes

– 3 tabletes do caldo de galinha

– 4 colheres de sopa do molho shoyu

– meia xícara de chá ou 100 ml do caldo de carne de porco

– 2 colheres de chá do pó de kombucha, sendo opcional

– 2 litros de água

– broto de bambu na conserva, menmas, a gosto, sendo também opcional

– lombo de porco cozido em fatias

– 600 gramas do macarrão (o recomendado é o chinês para ramen, ou certa massa mais fina, o cabelo de anjo é exemplo)

– sal a gosto

– ovos cozidos e fatiados ao meio, quantidade a gosto, sendo opcional

– kamaboko, a massa de peixe, fatiada a gosto, sendo também opcional

 

Como Preparar

O preparo é simples deste ramen delicioso, especialmente para os dias mais frios. O primeiro passo é ferver água na panela grande, e adicionar o caldo de galinha, shoyu, molho de carne de porco, sal, e pó de kombucha. Na seqüência, ferver de novo, abaixar o fogo ao máximo que conseguir e preparar o macarrão.

Na panela à parte, dispor quantidade grande de água, ferver e adicionar o macarrão. Somente ter atenção para que não fique tão mole. Retirar e escoar. Dividir o macarrão nas 4 tigelas grandes, aquecidas previamente.

Então, cobrir o macarrão usando a sopa. As tigelas são grandes, no entanto, se for desejado, basta colocar nos pratos convencionais na quantidade menor. Em cada tigela adicionar a metade ou dois do ovo cozido, broto do bambu na conserva, com atenção para colocar de forma delicada no meio da tigela. O passo final é colocar as fatias da carne de porco, adicionar pimenta a gosto, e kamaboko.

Siga nossas redes sociais

Espero que tenha gostado de nossa receita e espero muito o seu feedback. Caso queira falar conosco deixe sua mensagem logo abaixo. Ah, não deixe de seguir o nosso trabalho nas redes sociais.

Youtube.com/sushibilidade
Instagram/sushibilidade (@Sushibilidade)
Facebook.com/sushibilidade

Um grande abraço,

Hiro

Hiro Ozono

Hiro C. Ozono é apaixonado por Culinária Japonesa e Empreendedorismo. Hoje ajuda empreendedores que pretendem abrir algo relacionado a culinária japonesa com suas dicas e opiniões em seu blog.

Website: http://www.cursosushi.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *