Acabou o Nori: quais sushis fazer?

Olá, tudo bom?

Aqui é o Marcelo Asamura da Konbini Produtos Orientais, recentemente, estamos vivendo uma escassez de algas marinhas do tipo Nori para preparo de Sushis e Temakis no Brasil.

Motivo da Escassez de Nori no mercado brasileiro

Estou recebendo ligações de restaurantes e clientes de todo o Brasil diariamente procurando por Nori.
O problema é que segundo os importadores, houve uma redução na oferta do Nori devido às mudanças das condições climáticas na China e outras regiões da Ásia. Isso afetou a produção deste tipo de alga e consequentemente, temos menos Nori para atender a demanda global. Quando temos menos algas no mercado, o natural é ter um grande aumento de preço do produto. Resumindo, além de ter subido o preço mais de 30%, em alguns casos, mais de 50%, nos últimos 2 meses, a quantidade disponível para venda no Brasil, caiu significativamente. Se isso ocorreu de fato, não sabemos, mas é o que algumas pessoas têm confirmado no nosso grupo de Facebook do Curso de Sushi.

É possível fazer Sushis sem Nori?

Muitos dos nossos alunos e parceiros estão super preocupados em como substituir o Nori para preparo de Sushis devido à escassez de Nori no mercado brasileiro.
Por este motivo, selecionamos alguns tipos de Sushis que você pode preparar sem a necessidade utilizar a alga Nori. Não estamos falando aqui de sushis tradicionais até porque a maioria dos Sushis tradicionais tem o Nori como ingrediente principal.

Então, imagine a seguinte situação, você está em seu restaurante e por um problema logístico, o seu fornecedor de Nori não consegue te entregar a quantidade de Nori que você precisava. Então, você se vê sem a quantidade suficiente de alga Nori para preparar o rodízio de Sushis.

Qual seria a alternativa?

Bom, segundo reza a lenda, o Sushi Joe  também conhecido como Joy, Jyô ou Djow, foi criado a partir da necessidade de substituir o Nori por algum ingrediente que o Sushiman tinha à disposição naquele momento.
No caso, ele tinha apenas salmão, então, para não deixar o cliente na mão, ele decidiu enrolar o Sushi com Salmão. Não sei se essa história é verdadeira, mas sem dúvida, a criação foi bem relevante para a culinária japonesa no Brasil. Até alguns restaurantes um pouco mais tradicionais estão servindo este tipo de Sushi no cardápio.

Além disso, apesar do Nori ser super saudável, temos aqueles clientes que simplesmente não gostam de Nori, então, para satisfazer o gosto deste clientes, o Sushi Jyô é uma ótima opção. Se o cliente gosta muito de salmão, o Sushi Jyô é ideal.

Sushi Jyô

Para quem não conhece o Sushi Jyô, segue a foto do Sushi:

E quais outros tipos de Sushis podemos fazer sem Nori?

Niguirizushi

Esta é uma escolha um pouco óbvia, mas o tradicional Niguirizushi não tem alga Nori, exceto se você quiser colocar uma tira de Nori em volta deste Sushi. Esse é um sushi prático e que todo mundo adora desde que você não exagere na proporção de arroz e de peixe. A vantagem é que é um tipo de sushi que pode ter vários ingredientes: kani, tamago (omelete), peixes diversos, lula, polvo, camarão, entre outros.

Kyuri Sushi

Outro Sushi muito interessante é o Kyuri Sushi, pela língua japonesa, você consegue entender que tipo de Sushi é esse: KYURI = Pepino. Portanto, seria um Sushi enrolado no pepino.
O maior segredo do preparo deste Sushi é saber a espessura para fatiar o pepino. Se for muito grosso ele pode quebrar, se for muito fino, ele também pode desmontar. Vale lembrar também que você não deve usar a parte com as sementes do pepino.

Acelga Maki

O Acelga Maki é uma alternativa interessante, a acelga também conhecida como couve chinesa é uma boa opção para preparo deste tipo de Sushi, pois rende bastante. Esse Sushi tem um sabor bem agradável ao paladar inclusive de quem não come peixe cru, pois utiliza o salmão grelhado. É uma ótima alternativa para utilizar a parte menos nobre do salmão, pois depois de grelhado e desfiado a aparência do salmão não muda muito.

O diferencial deste Sushi está no tempero do salmão que você pode utilizar diferentes especiarias japonesas como Shichimi Togarashi que é composto de 7 ingredientes (Shichi em japonês quer dizer 7). Diferente do Ichimi Togarashi que tem apenas 1 ingrediente, a pimenta vermelha pura (Ichi quer dizer 1 em japonês).

Baterá Sushi

O Baterá Sushi é um ótimo exemplo de Sushi feito de forma prática sem Nori. Ele é feito numa forma tradicional e prensado. Também é bem flexível, você pode escolher os peixes, os molhos e temperos e os toppings (coberturas).

O Battera teve origem a partir da palavra “Bateria” de origem portuguesa que na época significava um barco pequeno. O Battera é feito numa caixa retangular específica, tradicionalmente de madeira, mas hoje em dia encontramos de plástico nas lojas de produtos orientais. A origem deste tipo de Sushi é de um restaurante em Osaka em 1893 e o peixe original utilizado na época era a Cavalinha.

Essa foto acima é do nosso amigo e parceiro Breno do Gourmetsan no restaurante Nakka em São Paulo.

Esse sushi é também conhecido como Oshizushi em outros países como Estados Unidos e no Japão.

Tamago Futomaki

Tamago = Ovo em japonês.

O futomaki é um dos sushis mais tradicionais no Japão, é o sushi feito com a alga nori inteira, mas é muito comum utilizar ovo para enrolar este tipo de Sushi. O famoso tamagoyaki ou omelete japonês é utilizado para preparo deste tipo de Sushi, o ideal é que o omelete fique bem fino para ficar na consistência ideal para enrolar.

Tirashizushi

O Tirashizushi é uma opção bem refinada para substituir o Nori. Normalmente, ele é servido em restaurantes mais tradicionais e em alguns destes restaurantes é um prato bem sofisticado com só os melhores peixes e frutos do mar. Trata-se de uma combinação de arroz para Sushi na parte debaixo com cobertura de peixe fresco por cima e outros ingredientes diversificados ao estilo do Chef. Tem um visual muito bonito que costuma impressionar os clientes. Ele costuma ser servido em uma tigela ou em caixa de bentô individual.

Chakin Sushi

O Chakin Sushi é bem específico para celebrações, ele parece uma pequena bolsa, essa bolsinha é feita de omelete. Ela é fechada em cima e tem por objetivo trazer fortuna e sorte para as pessoas que comerem este Sushi.
É muito bonito, não é mesmo?

Temarizushi

Temarizushi, ou temari sushi, são pequenos sushis e em forma de bola.
São normalmente preparados em ocasiões festivas. Temari (significa “bola feita com a mão”) se refere a uma bola tradicional japonesa que as crianças costumavam utilizar para brincar no Japão.
Elas lembram pequenas jóias quando você coloca os Sushis dentro de uma caixa de bentô tradicional como esta abaixo:

Inarizushi

Não muito conhecido entre os brasileiros, o Inarizushi é uma opção bem tradicional, é comum encontrar o Inarizushi nos bentôs da Liberdade. Ele basicamente é feito com tofu frito, tem uma história interessante também:

O Inari zushi faz aparições freqüentes em animes, principalmente aqueles que tem raposas ou kitsune (deuses da raposa). No Japão, o inari zushi é deixado como uma oferenda em santuários de Inari não somente porque é a comida favorita das raposas (Deuses), mas também porque as pontas do Inari Zushi lembrar orelhas pontiagudas de raposas.

Sushi mais Modernos

Sushirrito = Burrito + Sushi

O Sushirrito é uma combinação de Sushi com Burrito, prato típico da culinária mexicana. Ele lembra um futomaki, pois é um enrolado mais grosso, mas o que o diferencia mesmo são os ingredientes nada convencionais, ou seja, pimentas Jalapeños, chips crocantes, molho no estilo Tex Mex como o chipotle, entre outros ingredientes.
Não é um sushi tradicional, mas dependendo do seu público, pode se tornar um best-seller (mais vendido).

A rede com o mesmo nome Sushirrito é bastante popular nos Estados Unidos.

Gravamos um vídeo no canal Mini Cozinha ensinando a fazer este tipo de Sushi moderno:

Poke Havaiano

O poke é um tipo de prato havaiano que está muito em alta no Brasil. Existem alguns locais de Poke abrindo em várias localidades. O poke é um prato parecido com o Tirashi, pois tem arroz embaixo e cobertura de peixe fresco marinado, pepino, abacate, cebola, wonton, entre outros. Ele fica entre o sashimi e o ceviche. É um prato divertido que combina com o verão.

Espero ter apresentado algumas alternativas para você não precisar utilizar o NORI no seu restaurante ou até mesmo na sua casa.
Se tiver algum Sushi que você pode preparar sem NORI e não está nesta lista, comente abaixo, adoraríamos saber.
Obrigado e até o próximo artigo!

ma.asamura

Empreendedor, co-fundador da loja Konbini Produtos Orientais, loja virtual especializada em produtos japoneses e asiáticos. Também é parceiro oficial do Programa Sushibilidade 1.0, Curso de Sushi Online.

Website: http://konbini.com.br

3 Comentários

  1. Júlio César

    Interessante Obrigado!

  2. ZMárcio

    Como sempre o Hiro nos trazendo novidades e dicas da arte da culinária japonesa! Parabéns!!!

  3. Marcio

    Muito Bom. Boas alternativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *